Let it be †

Let it be †
All Mota
Todos os textos escritos neste blogue são escritos pela autora, caso contrário estão devidamente identificados. Agora sobre mim? Bem, sou portuguesa, tenho uma irmã gémea, tudo o que aqui escrevo tem um motivo, uma razão e um porquê e em cada um é diferente, tenho um auto controlo de nível médio, mas em termos de confiança supero-me, tenho gostos e desgostos como toda a gente e de cada erro que cometo levo de cada um uma aprendizagem, sou uma pessoa calma, mas também tenho os meus momentos de loucura e também me torno bastante impaciente quando tem que ser. Sou altruísta e detesto-me por isso, defendo que nem todos os irmãos têm de ser de sangue, e como sempre quis ter um irmão da minha idade e outro mais velho tornei o meu desejo realidade. Adoro estar nos braços de um rapaz, mas tudo tem um fim e tudo acaba bem, e se não acabou bem, é porque ainda não chegou ao fim. xo-xo

† facebook † tumblr † seguir-me
02.2011 03.2011 04.2011 05.2011 06.2011 07.2011 08.2011 09.2011 10.2011 11.2011 12.2011 01.2012 03.2012 04.2012 05.2012 07.2012 11.2012 02.2013
layout : drivefaraway
icon : violetbirdy
video game
Wednesday, March 28, 2012 @ 10:45 PM | comment (39)




Confesso que normalidade nunca foi o meu forte. Sou complicada. Uma combinação estranha e errada de amor, carência, alegria, tristeza, loucura e um pouco de lucidez. Não procuro agradar a todos, sigo as minha regras e prefiro não depender de ninguém. Deixei de correr atrás de quem sabe onde me encontrar sempre. Coloco-me em frente a um vidro, um daqueles que reflecte como estamos, bem um espelho, e vejo uma miúda despreocupada, cabelo com cerca de 35 centímetros castanho claro, que crê nas suas capacidades mas há dias em que isso não acontece, gosto da diferença entre todos, isso do "somos todos iguais" não existe para mim, tenho cerca de 1,65 metros de altura, não deixo que a hipocrisia me domine, olhos castanhos, estilo irreverente, melhor dizendo hoje estou casual, amanhã já estou vintage. Sou completamente viciada em fotografia e quando neste natal (2011) me deram a máquina fotográfica que eu tanto desejava, eu delirei mesmo, chorei e gritei de alegria (só para terem a noção da minha estupidez total). Não vos sei dizer ao certo de que música gosto, se gosto continuo a ouvir, se não gosto passo a próxima. Sou uma fiel apaixonada por relógios e colares, aqueles mesmo simples de corrente, também de imagens antigas e do estilo hipster. Tenho uma fotocópia minha, isto é, uma irmã gémea, somos diferentes mas parecidas uma com a outra. Acredito que os anjos não estão todos no céu, acredito que um dia tudo vai dar certo, acredito que um dia vou mudar, acredito em tudo e em todos até que me provem contrário, acredito que um dia vou deixar de ser assim e acredito no infinito. Adoro andar com os cabelos ao vento e gosto muito dos meus óculos de sol. A liberdade é das coisas que mais me fascina e gosto dela. Para mim as palavras nos conquistam temporariamente, mas as atitudes nos ganham ou perdem para sempre. Não estou solteira, estou num relação com a minha liberdade. Ser sarcástica? Adoro. Sou também alérgica a a "barbie(s)" e "ken(s)", esses que sao "Made in China" e sem cérebro mesmo, sou também alérgica a falsidade e a mentira. Erro? Caio sempre no mesmo. 
all mota

Labels:




Older Posts & Newer Posts