Let it be †

Let it be †
All Mota
Todos os textos escritos neste blogue são escritos pela autora, caso contrário estão devidamente identificados. Agora sobre mim? Bem, sou portuguesa, tenho uma irmã gémea, tudo o que aqui escrevo tem um motivo, uma razão e um porquê e em cada um é diferente, tenho um auto controlo de nível médio, mas em termos de confiança supero-me, tenho gostos e desgostos como toda a gente e de cada erro que cometo levo de cada um uma aprendizagem, sou uma pessoa calma, mas também tenho os meus momentos de loucura e também me torno bastante impaciente quando tem que ser. Sou altruísta e detesto-me por isso, defendo que nem todos os irmãos têm de ser de sangue, e como sempre quis ter um irmão da minha idade e outro mais velho tornei o meu desejo realidade. Adoro estar nos braços de um rapaz, mas tudo tem um fim e tudo acaba bem, e se não acabou bem, é porque ainda não chegou ao fim. xo-xo

† facebook † tumblr † seguir-me
02.2011 03.2011 04.2011 05.2011 06.2011 07.2011 08.2011 09.2011 10.2011 11.2011 12.2011 01.2012 03.2012 04.2012 05.2012 07.2012 11.2012 02.2013
layout : drivefaraway
icon : violetbirdy
found in the trash
Thursday, November 3, 2011 @ 5:53 PM | comment (34)



imagens retiradas de more than 100 words.
Infelizmente mão tenho andado nos meus melhores dias, sinto-me fria, e não, não é fria da chuva e das temperaturas relativamente baixas que temos tido, mas fria daquele tipo, vazia, como um cubo de gelo com toda a gente, respondo as pessoas de uma forma estúpida, quando alguém percebe que se passa alguma coisa e me quer ajudar eu limito-me a não deixar, ando uma autentica parva com toda a gente e depois das coisas acontecerem eu sei que errei, mas não consigo pedir desculpa a essas pessoas com quem eu errei, parece que estou a querer que elas 'sofram'. Eu já errei e sofri muito por rapazes, eu sei e sinto isso, mas isso vai mudar, vou voltar ao que eu era, como eu era antes do sermos o que fomos, com o que errei contigo eu vou aproveitar esse erro para aprender, aprender a separar umas coisas das outras e quem só tem a culpa nas relações sou eu e tu, não posso culpabilizar ninguém do que aconteceu e depois fazer aqueles que mais amo sofrer por mim, chega!

ps: vou andar ausente da blogosfera, como tenho andando ultimamente, mas sempre que cá vier estarei aqui para voces, xo-xo, all mota.



Older Posts & Newer Posts